IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL EDITH STEIN

domingo, 1 de novembro de 2009

ESPECIAL- DELEGADA ENVIADA AS CONFERÊNCIAS COM ANGELA ALES BELLO EM SÃO PAULO.

Tivemos a honra de sermos convidados para participar de dois encontros de filosofia no mês de Outubro em São Paulo com a presença ilustre de Ângela Ales Bello e Ir. Jacinta Turolo Garcia que aconteceram nas instituições (USP e UNIFAI) com os temas: Edith Stein e o acolher o outro, o diferente, o estranho; A antropologia filosófica de Edith Stein e o mundo contemporâneo.

Depois de muitas correspondências por e-mail com Ir. Jacinta e Ilana Novinsky , o grande dia Chegou. Enviamos nossa delegada representando o Grupo de Trabalho Edith Stein com o apoio da Faculdade Católica de Fortaleza, a Bacharel Kátia Gardênia, que participou em São Paulo de um encontro sobre o pensamento de Edith Stein.


Nossa delegada nos falará de sua impressão dos encontros:

"O primeiro momento foi de conhecimento do andamento do grupo e sobre a possibilidade de haver o primeiro colóquio de filosofia a cerca do pensamento steiniano em Fortaleza. É com muita alegria que partilho esta oportunidade, visto que, o nosso grupo perpassa por uma nova fase de crescimento e amadurecimento na busca de ampliar seus horizontes de pesquisas sobre a filosofia steiniana e vejo isso como resultado do trabalho em equipe dos membros.

Em segundo momento, tive a graça de contemplar a simplicidade e clareza do modo como Ângela e Ir Jacinta descrevem o itinerário percorrido pela autora sobre a reflexão do olhar fenomenológico e a preocupação para uma compreensão a cerca da estrutura do ser humano partindo das vivências cotidianas como abertura para o transcendente, para o outro, ou seja, o reconhecimento da alteridade do outro sob duas vias: uma horizontal como transcendência de abertura para o ser humano e a outro no plano vertical que nos leva ao encontro com o divino como proposta de uma análise do comportamento humano.

A ênfase dada a essa temática é o estudo do paradoxo do ser humano que é ao mesmo tempo o sujeito e o objeto da pesquisa. Sujeito ativo e capaz de refletir de que é coisa e como objeto dessa pesquisa diante da dualidade: particularidade e universalidade em olhar o ser humano de dentro e de fora procurando mergulhar no núcleo do indivíduo, no elemento mais profundo onde encontramos a marca do divino. Deste modo, podemos concluir a preocupação de Edith Stein pela pessoa humana e pela a realidade que a envolve a conduz enveredar e afrontar seja diretamente ou indiretamente no universo humano pretendendo analisar a pessoa como um todo, fruto de sua preocupação política e antropológica.

Agradeço de coração em nome dos membros do grupo, a todos aqueles que nos proporcionaram seja direta ou indiretamente essa rica oportunidade de conhecimento. Que Edith Stein os retribua com sua intercessão junto ao Deus da revelação Jesus Cristo."


SESSÃO FOTOGRÁFICA:

Dependências internas da UNIFAI

Auditório atento

Ir. Jacinta Turolo Garcia

Profª Ales Bello com a Ir. Jacinta

Declaração de participação


NOSSOS SINCEROS AGRADECIMENTOS A IR. JACINTA PELO CONVITE A NÓS FEITO BEM COMO A ILANA NOVINSK PELO APOIO E INCENTIVO E DE MANEIRA ESPECIAL A FACULDADE CATÓLICA DE FORTALEZA NA PESSOA DA COORDENADORA DO DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA A PROFª. Ms. jANINE BARREIRA PELO APOIO FINANCEIRO E POR ACREDITAR NA POTENCIALIDADE DO GRUPO DE TRABALHO EDITH STEIN.

Nenhum comentário: