PEREGRINAÇÃO: NOS PASSOS DE EDITH STEIN

PEREGRINAÇÃO: NOS PASSOS DE EDITH STEIN

quarta-feira, 31 de março de 2010

RESUMOS DAS CONFERÊNCIAS DO I COLÓQUIO EM EDITH STEIN

A clínica psicológica refletida a partir de Edith Stein: humanologia

Prof Dr Andrés Eduardo Aguirre Antúnez

Universidade de São Paulo - Instituto de Psicologia

Departamento de Psicologia Clínica

antunez@usp.br

Os estudos sobre a estrutura da personalidade humana e empatia têm ampliado a compreensão do paciente cuidado em psicoterapia em minha prática clínica, no ensino e na pesquisa. Esses estudos me convidaram a uma desconstrução da terapia do psíquico. A partir de Edith Stein encontrei uma humanologia, que se revela mais próxima à realidade do vivido, que os estudos em psicologia e psicanálise. A pessoa humana compreendida em corpo, psique e espírito, amplia a psicologia. O estudo sobre empatia reposiciona o modo de estar com o outro na clínica. Anterior à simpatia e antipatia, a empatia é um modo de conhecimento do outro e de si a partir do que acontece na inter-subjetividade. O mundo contemporâneo nos mostra dificuldades que nós seres humanos temos que enfrentar e considero que qualquer tentativa de diagnosticar uma pessoa nos dirige a um reducionismo de toda a potencialidade que é inerente ao ser humano. A partir de Stein, o diagnóstico se volta à experiência vivida. Nesse sentido, todo e qualquer sintoma passa a ser mero coadjuvante diante da maior doença que afeta o homem, o preconceito. Edith Stein nos mostrou como é possível romper com os preconceitos de modo ético, a começar pela sua própria história, repleta de sofrimentos e aproximações entre o modo de ser judaico e o católico. A essência comum a esses distintos modos de ser se situa na humanidade. Pretendo com esta exposição refletir sobre as profundas contribuições de Stein para a psicologia clínica a partir do estudo do humano.

Palavras-chave: estrutura da personalidade, empatia, psicologia clínica.

MOSTEIRO STEINIANO DE SANTA CRUZ

1. Histórico

Fundado em 09 de agosto de 2006, a partir de uma experiência de cuidado com a “ex-istência” humana do psicólogo (e professor universitário) Dr. Everaldo Mendes (CRP – 03/03212) no “Instituto de Psicologia Fenomenológico-Existencial de Santa Cruz – IFESC”, iniciada em 2005, em Santaluz (Município com alto índice de suicídio), Diocese de Serrinha, Estado da Bahia (Brasil), o MOSTEIRO STEINIANO DE SANTA CRUZ, da “Congregação dos Irmãos Steinianos de Santa Cruz”, mosteiro sui iuris, isto é, que “além do próprio Moderador, não tem outro Superior maior nem está associado a algum instituto de religiosos, de tal modo que sobre esse mosteiro seu Superior tenha verdadeiro poder determinado pelas constituições, é confiado, de acordo com o direito, à vigilância especial do Bispo” (Cân. 615, CDC), tem como patrona a "judia, filósofa, carmelita, mártir, Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein, 1891-1942), que traz em sua intensa vida uma síntese dramática de nosso século (João Paulo II, 1º de maio de 1985).

2. Espiritualidade

Sob a ação do Espírito Santo, servir a Jesus Cristo, à Santa Madre Igreja, à pessoa humana; rezar pela santificação do mundo, a exemplo de Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein).

3. Dons (Carisma)

Educação, sendo que por Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein) ser a patrona dos universitários, há uma presença marcante dos “Irmãos Steinianos de Santa Cruz” no ensino superior (institutos, faculdades, centros universitários, universidades); saúde (clínicas, hospitais, etc.); assistência social e religiosa.

4. Formação

4.1. Canônica: Postulado (de 06 a 12 meses), noviciado (12 meses), profissão simples (03 anos) e, por último, profissão perpétua.
4.2. Universitária: Graduação e Pós-Graduação (Lato e Stricto Sensu).

5. Vocações e Doações

Ir. Evero Mendes, C. Stein.
(Prior Geral)
E-mail: mosteirodesantacruz@yahoo.com.br.

sexta-feira, 19 de março de 2010

VISÃO PANORÂMICA DO COLÓQUIO.

video

A trilha sonora é do coro do Seminário Arquidiocesano São José - Fortaleza que muito nos honrou com sua presença.

ENTREVISTAS COM PARTICIPANTES DO COLÓQUIO.

O blog é um instrumento de divulgação eficaz do pensamento steniano?

video
Prof. Dra. Jacinta Turolo Garcia.


Qual a importância desse evento para o pensamento steiniano no Brasil?

video
Prof. doutorando Gilfranco Lucena da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.


Qual sua impressão acerca da conferência sobre a feminilidade em Edith Stein proferida pela Dra. Marli?

video
Josefa Alves, leiga consagrada.


Nos fale sobre a organização e sobre os temas tratados no evento.

video
Cynthia Leite , psicologa


Qual sua avaliação do I simpósio em Edith Stein promovido pela Faculdade Católica de Fortaleza?

video
Prof. Mes. Ir. Everaldo.

AULA INAUGURAL DA TURMA DE 2010 DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ


ALUNOS DO MESTRADO DA UECE E CONVIDADOS PARA AULA INAUGURAL.




APRESENTAÇÃO CURRICULAR DA CONFERÊNCISTA.






IR. JACINTA EM SUA AULA CUJO TEMA ERA: OS FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS DAS CIÊNCIAS DO ESPIRITO.



AGRADECIMENTO POR PARTE DA COORDENAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO A IR JACINTA.

quinta-feira, 18 de março de 2010

SALAS TEMÁTICAS

Comunicadores:
José Roberto Freire
Raimundo nonato da Silva Barbosa
Everaldo dos Santos Mendes
Prof. Ms. Maria Célia dos Santos
Prof. Mes. Kátia Gardênia Silva Coelho
Prof. Ms. Antônio Pedro de Oliveira




Comunicadores:
Marister Frota
Eleandro Fernandes
Francisco Josivan Guedes
Francisco José da Silva
Renato do Vale
Maria da Conceição Mota



Comunicadores:
Joaz Camejo de Andrade Júnior
Francisco Guido
Elkenson Silva Costa
Antonnio Marcos Alves
Sidney Mendonça
Marie Santos

Comunicadores:
Francisco Regimero Fonseca
José Jucyér Alves
Neuzivan Alves
Leonardo Ribeiro


sexta-feira, 12 de março de 2010

CONTAGEM REGRESSIVA

Faltam 4 dias para o nosso simpósio.

VOCÊ PODERÁ ACOMPANHAR OS PRINCÍPAIS MOMENTOS PELA EQUIPE DE MÍDIA DO GT AQUI NO BLOG, TRAREMOS FOTOS E MATERIAIS ATUALIZADOS.