IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL EDITH STEIN

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Papa cita Edith Stein em Angelus

(ZENIT.org) – Bento XVI centrou a meditação do Angelus do dia 20 de junho na importância de levar própria cruz, tanto nas pequenas provas de cada dia como nos momentos decisivos.

“Tomar a cruz significa se comprometer em derrotar o pecado que obstaculariza o caminho para Deus, acolher quotidianamente a vontade do Senhor, fortalecer a fé sobretudo ante os problemas, as dificuldades, o sofrimento”, afirmou o Papa.
Bento XVI citou a santa carmelita Edith Stein, admirando seu testemunho “em um tempo de perseguição”, quando afirmava, pouco antes da Segunda Guerra Mundial: “mais se faz obscuro ao nosso redor, tanto mais devemos abrir o coração à luz que vem do alto”.
“Também na época atual, muitos são os cristãos no mundo que, animados pelo amor de Deus, assumem cada dia a cruz, seja a das provas cotidianas, seja a da barbárie humana, que às vezes requer o valor do sacrifício extremo”, afirmou.
Por isso, é importante “pôr sempre nossa sólida esperança n’Ele, seguros de que, ao segui-lo levando nossa cruz, chegaremos com Ele à luz da Ressurreição”.

Nenhum comentário: